Warning: file_put_contents(): Only 0 of 6070 bytes written, possibly out of free disk space in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor/core/files/base.php on line 180

Caverna Água Suja

Localizada no núcleo Santana, é uma visita obrigatória para quem deseja saber algo sobre geologia. Com tem galerias de rio perene, com grandes abismos, desmoronamentos, e pura aventura. O percurso e realizado por dentro da caverna. Fácil aceso feito por uma linda trilha a margem do rio Bethary. Duração mínima do percurso é de 3 horas. Entra de grupos de no máximo 8 pessoas mais um monitor que acompanha o passeio.

Caverna Santana

A caverna Santana é segunda maior caverna do parque em extensão, tem 800 metros de altura está situada no núcleo Santana para chegar até o atrativo é necessário prosseguir por uma trilha de no menos 50 metros. a caverna é formada  por uma grande gama de formações geológicas , considerada por pesquisadores  a mais diversificada do parque .dentro da caverna irá encontrar  estalactites, estalagmites, electites, cortinas, chão de estrelas e outras.

É formada por um rio no seu interior, além do mais apresenta uma estrutura com pontes de madeira fazendo com que a visita fique melhor. Tem a possibilidade de ver morcegos, os pilões e grilos albinos.

Lambari de Baixo

A Lambari de Baixo não pode ficar fora da lista das melhores cavernas para se visitar no parque estadual do Alto do Ribeira. Para se chegar na caverna é preciso fazer uma trilha de 500 metros, na entrada da caverna tem um pórtico gigante que possibilita a formação de uma linda imagem com os raios de sol na parte da manhã.

A caverna é completamente molhada, comparada com A caverna água suja. Alguns de seus trechos possuem cordas para ajudar no percurso da trilha tem momentos que água pode atingir a cintura.  

Caverna do Diabo

Para fazer a visita na caverna do diabo é necessário ter o acompanhamento de um monitor ambiental local. A capacidade de entrada é de no máximo 12 pessoas na visita sempre tem um monitor que acompanhei o grupo. Na portaria do parque sempre há vários monitores ao pagar o ingresso do parque também é necessário o custo do monitor para que ele possa acompanhar durante o percurso.

O custo do ingresso é de 14 reais por visitante.

O serviço de monitoria ambiental custa entorno de 12 reais por visitante paga diretamente na associação dos monitores de eldorado.

O trecho de visitação é iluminado não e preciso o uso de lanterna para realizar o percurso.

É obrigatório que visitante utilize calçados bem adequados para poder ingressa na caverna é completamente proibido o uso de chinelo ou qualquer outro tipo de calçado que seja Aberto. Para que visitante tenha conforto durante a caminhada.

Caverna do Morro Preto

A caverna do morro preto ela não é uma caverna tão extensa em relação a caverna Santana pois sofreu um grande processo de desmoronamento somente uma pequena parte encontra-se aberta para visitação. Por conta deste fato suas formações quase não existem mais. Mas a grandeza de sua entrada da caverna vale ser visitada. Pensando que um dia o rio passou neste local, que fora esculpido pela caverna.  

Cachoeira da Caverna do Couto

Bela cachoeira formadas pelas quedas de água que saem da caverna do couto. Com 5 metros de altura e grande beleza, ótima para banho refrescante na piscina natural e na pequena hidromassagem que se formam em sua queda, água da cachoeira é muito gelada devido ao fato de água sair diretamente da caverna do couto vale muito apena conhecer este atrativo.

Caverna do Couto

É um conduto único com 600 metros que atravessa um morro até sair do outro lado da caverna dando numa outra saída. Tendo uma visão da metade de dentro da caverna é algo espetacular. Apresenta uma ligação com a caverna morro preto (travessia do aborto área de visitação extensiva).

Está dentro do núcleo Santana.

Caminha de nível fácil. Percurso leva 5 minutos.

Caminha interna fácil duração do percurso é de 1 hora de trilha.

Boia Cross no Petar

No petar o termo boia Cross é um nome dado para atividade turística que desse os rios para a pratica desta atividade é utilizado câmeras de ar de caminhão, amaradas de forma que o praticante deslize sobre a água aboia comporta apenas uma pessoa. A decida em direção ao rio e feita por um grupo de amigos sempre é acompanhada por monitores especializados e credenciados pelo petar. Esta atividade não é encarada com se fosse uma competição, e sim com uma forma de ajuda para que todos os participantes cheguem juntos até o final do percurso.

No petar o boia Cross é praticado de barriga para baixo, deitando-se sobre a boia com a ponta da cabeça na extremidade frontal da boia e seus pés na parte final da boia, para que o participante fique praticamente dentro da água.

A boia pode variar de tamanho, porem o mais importante de tudo e que o tamanho seja proporcional à estatura e peso.

O colete é essencial, pois em alguns  trechos apresenta poças  de água profunda, devido a este fato é obrigatória à utilização de colete mesmo para as pessoas que já sabem nadar. O ideal é escolher um colete proporcional ao tamanho de seu tórax para que não sobre e nem falte.

O capacete é essencial para que o visitante não bata a cabeça em pedras dentro ou na lateral do rio. O ideal é escolher um de acordo com o tamanho que encaixe na cabeça do participante e que fique bem firme.

Quilombo  Ivaporunduva

O  quilombo está situado no município de eldorado  na margem da rodovia SP  165 , entre as cidades de eldorado e iporanga , as margens do rio ribeira de Iguapé. Seu núcleo é composto por 80 famílias, a comunidade tem uma população de 308 pessoas  sendo que 80 são crianças , 195 adultas e 33 idosos.

A  sobrevivência dessas comunidades  é adquirida através do  cultivo tradicional de produtos da roça : arroz , mandioca , milho e feijão .  Isso é a fonte de  consumo e renda para esta comunidades . Além das mais elas produzem banana orgânica e artesanato, e também estão dispostas a receber grupos escolares e universitários de turismo.

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

Eco Cave
Parque Aventura
Cave Atlântica