No alto dos Andes peruanos fica o antigo centro do Império Inca, a cidade de Cusco. Embora os viajantes usem a cidade como ponto de partida para Machu Picchu – a maior atração turística do Peru -,vale a pena gastar mais um tempo para uma visita a Cusco por si só. Tire um tempo para se aclimatar, acostumar com a altitude e experimentar a diversidade de influências incas e espanholas que definem a cidade agora centrada no turismo.

1. Plaza de Armas

A Plaza de Armas de Cusco é o centro cultural da cidade. Ao longo da praça há restaurantes, bares e cafés, com excelentes vistas da cidade, ideais para ficar uma tarde olhando a população e se adaptar com a elevação de Cusco. No centro da praça há um jardim muito bem cuidado e uma intricada estátua do governante inca Pachacuti.

Plaza de Armas – Cusco

2. Mercado de San Pedro

O Mercado de San Pedro é realmente uma atração para se ver, repleto de frutas, vegetais e lojas de carne, além de várias lojas de suco natural feito na hora espremidas na hora. Os produtos são expostos ao ar livre e os produtos mais frescos são vendidos pela manhã, ou seja, se deseja comprar qualquer coisa é essencial que chegue cedo para garantir o melhor. O mercado também oferece boas opções para o almoço, tem diversos de vendedores de empanada e tamale. Para aqueles que querem melhorar do mal de altitude, lá no mercado é onde vai encontrar os saquinhos com folha de coca.

Tamale – prato tradicional da culinária mesoamericana

3. Planetário de Cusco

Localizado a apenas 15 minutos do Centro Histórico de Cusco e cercado por belas paisagens naturais, o Planetário Cusco é um dos planetários mais originais do mundo. Para os incas, a astronomia exerceu uma parte fundamental no dia-a-dia, intervindo desde o plantio e a colheita de cultivos, festas religiosas e arquitetura. O calendário inca era detalhado e preciso, visível a partir da posição das construções para coincidir com os solstícios. As maravilhas de tais fenômenos são exploradas no Planetário de Cusco, no qual os turistas aprendem sobre a astronomia inca e conduzem suas próprias estrelas.
Horário de funcionamento: de segunda à sexta das 08:30 às 16:00 horas.

Planetário de Cusco

4. Sacsayhuaman

Apesar do nome aparentemente complicado, pode-se ler como algo parecido como “Sexy Woman”. Localizado há 45 minutos a pé do centro de Cusco, lá era um local religioso, bem como a cena de uma batalha sangrenta entre as forças incas e os conquistadores espanhóis. Importante como um precursor de Machu Picchu e locais nos arredores do Vale Sagrado, uma caminhada até Sacsayhuaman também inclui um vislumbre do Cristo Branco – a enorme estátua de Cristo que fica acima da cidade.

Sacsayhuaman, Cusco

5. Bairro de San Blas

O bairro de artesãos de San Blas é notável por sua arquitetura e lojas típicas. A poucos passos da praça, o terreno se torna íngreme no caminho até a San Blas Plaza. A estrada Inca Hatunrumiyoc é um remanescente do passado da cidade e uma notável construção de pedras que percorre o bairro. Pequenas butiques e galerias se alinham nas ruas, criando presentes ou lembranças mais autênticas do que as bugigangas encontradas na Plaza de Armas. O San Blas Plaza contém a Igreja de San Blas, bem como lojas e restaurantes caseiros.

Bairro de San Blas

6. Korikancha (Templo do Sol)

Korikancha é a personificação da mistura de influências espanholas e incas em Cusco. Uma vez forrado com luxuosos lençóis de ouro, este Templo Inca do Sol foi roubado e destruído pelos espanhóis antes de construírem a Igreja de Santo Domingo no topo das ruínas. Atualmente, o contraste entre a fundação da igreja e do templo é impressionante, o que representa um dos locais mais importantes de Cusco. Os turistas podem caminhar pelas seções espanhola e inca e apreciar o jardim outrora espetacular. O que já foi o local mais sagrado da região agora serve como um testemunho da conquista brutal dos povos indígenas e os efeitos posteriores.

Korikancha, Cusco

7. Museu Inca

Antes de visitar os sítios arqueológicos de Machu Picchu e do Vale Sagrado, aprenda sobre a história do império no enorme Museu Inca. Esta enorme coleção de artefatos está localizada residência colonial de um almirante espanhol. São várias salas de exposição que estão repletas de informações que datam das sociedades pré-incas até a altura do Império Inca até a conquista espanhola. Os corpos mumificados do museu são um destaque, assim como o pátio onde as mulheres andinas tecem tecidos.

Museu Inca – Cusco

8. Museu da Coca

As folhas de coca já foram reverenciadas pelos incas e usadas em muitas cerimônias. Este museu oferece a oportunidade perfeita para entender mais sobre a planta de coca mistificadora.

Museu da coca, Cusco

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

Machu Picchu Brasil
Viagens Machu Picchu
Wheel The World
Venturas
CiaEco
Pisa Trekking