1. Cânion Del Colca e o voo do condor

Sem via das duvidas é a grande atração. Quase todos que visitam Arequipa querem observar o lendário condor voando pelo cânion, só que para complicar a situação, o bicho gosta de voar bem cedo.

Ele é o atrativo principal, posso considerar que o pássaro não  é muito bonito, parece um urubu indo de lá para cá, ele é muito grande que nem consegue voar direito, somente planar sobre a região do cânion. A figura do condor representa a trilogia inca, mas sobre estes aspectos ninguém menciona. O que vale a pena mesmo no passeio é observar a linda paisagem do cânion.   

2. Chivay

Uma cidade pequena está situada no entorno do cânion. Esse passeio é realizado de carro e é possível ir parando em várias lojinhas predeterminadas para comprar artesanato local, roupas feitas com pele de lhama, doces, etc. O caminho ainda conta com mirantes e termas, sendo uma opção bastante confortável para quem quer curtir o cânion com mais tranquilidade.

3. Mosteiro de Santa Catalina

Fundado no ano de 1579, o mosteiro é tão grande que representa praticamente uma pequena cidade com suas ruas e praças. Até o ano de 1970, varias freiras da região viviam num sistema de clausura, após a visita do papa, elas resolveram abrir partes de suas dependências ao público e passaram a sair de suas moradas apenas em situações extraordinárias.

Suas cores são bem fortes e o ambiente é praticamente intocado e repleto de obras de arte que fazem desse atrativo um dos endereços mais especiais da cidade.

Horário de visitação todos os dias da semana das 9 às 17 horas / e certo de terças e quintas que ele abre das 9 às 20 horas fecha-se somente nas seguintes comemorações, natal, ano novo e seta feira santa.

 4. Museu arqueológico da universidade de San Agustin

O museu tem um grande acervo de achados arqueológicos que incluem objetos que já pertenceram a diversos povos pré-hispânicos como, por exemplo, a comunidade de Nazca, Tiwanaku, Wari e as comunidade Incas. Além do mais abrigam outros objetos de ouro e prata que relembram  a memoria do período colonial.

5. Mirante  de Yanahuara

Neste local o visitante tem uma vista muito privilegiada da cidade e do vulcão. No domingo de páscoa a praça é cenário da tradicional queima de Judas.

Horário de visitação do atrativo a qual quer momento do dia. O atrativo está localizado a cerca de 2 km do centro da cidade.

6. Plaza de Armas

Em volta da praça  estão situados três grandes conjuntos de portais  feitos de granito  em estilo neorrealista . Este espaço era utilizado  como sede da administração da cidade, prisão e bancos do tesouro real até o século 20. Também havia ali  toldos sob os quais funcionavam os mercados indígenas. A praça era palco de celebração e recepção das mais altas autoridades, desfiles de militares, touradas, procissões, julgamentos e outros eventos . Atualmente embaixo desses arcos existem comércios variados  como farmácias, supermercados,  e opções de hospedagem.  

7. Museu dos santuários andinos

Junto do monastério de santa  catalina, o museu dos santuários andinos  é uma das melhores atrações turísticas da cidade. Ele guarda um precioso acervo que relata a história de santuários que foram encontrados  nos vulcões. Graças a esse intenso estudo das universidades do país, foi encontrada no vulcão Ampato no ano de 1995  a múmia de uma menina do fim do século XV que fora sacrificada num ritual aos deuses. Esta descoberta é considerada  uma das mais importantes para o país graças ao seu ótimo estado de preservação.

Horário de visitação: de segunda a sábado das 9 as 18 horas, domingo  das 9 as 15 horas. Lembrando que não é permitido fotografar e filmar no local.

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

machupicho viagens
machupicho do brasil logo
CiaEco