1. Ilha do Combu

Esta ilha fica a cerca de 15 minutos de Belém, sendo a mais próxima da capital, é conhecida pela produção de açaí e cacau.

 
Fonte: Adolfo Nomelini

 

Na Ilha do Combu é possível conhecer a Filha do Combu, uma casa de chocolate e doces fabricados na ilha com frutas regionais sob o cargo de Dona Nena, uma moradora local que cultiva o cacau e produz o chocolate de forma artesanal. Seus doces hoje são utilizados por chefes de cozinha renomados, como Alex Atala de São Paulo e Thiago Castanho de Belém. Como um dos roteiros é possível conhecer a propriedade da família de Dona Nena, contemplando algumas espécies nativas locais como o cacau, a castanha e a samaúma, e conversar com moradores locais para entender o processo de produção do chocolate e conhecer o modo de vida na ilha.

Fonte: Adolfo Nomelini

2. Ilha de Cotijuba

Esta ilha fica a 1h20 de Belém, saindo do Porto de Icoaraci. Possui 11 praias ao longo de cerca de 20km, sendo a terceira ilha em dimensão territorial do arquipélago de Belém. Seus primeiros moradores foram índios Tupinambás, que deram nome à ilha. Cotijuba, do tupi-guarani, significa caminho dourado, se referindo aos reflexos da lua nas areias do interior da ilha.

Fonte: Antonio Athayde

 

Na Ilha de Cotijuba é possível conhecer o MMIB (Movimento de Mulheres das Ilhas de Belém), uma organização social local que atua há cerca de 20 anos nas ilhas de Belém. Na visita à associação pode-se conhecer o histórico e as frentes de atuação do local, além da oficina de artesanato a partir de sementes e fibras locais.

Fonte: Diego Arelano

 

Dentre as praias da Ilha de Cotijuba, a principal é a Praia do Vai Quem Quer, perfeita para descanso com sua água doce. Essa praia fica há cerca de 9km  do porto, sendo o maior balneário, porém o menos visitado por ser distante e pelo difícil acesso. Para chegar à praia é preciso utilizar charretes ou o bondinho da ilha (puxado por um pequeno trator), há uma parada onde é possível encontrar os dois logo na entrada a ilha.

Fonte: Tereza Jardim

3. Boa Vista do Acará

A comunidade de Boa Vista do Acará fica a cerca de 50 minutos de barco de Belém, saindo do porto da Praça Princesa Isabel e seguindo pelo rio Guamá. É um lugar conhecido por seus banhos de igarapé e banhos preparados com ervas aromáticas da mata.

Fonte: Ana Gabriela Fontoura

 

Na comunidade pode-se conhecer a Associação de Produtores de Boa Vista do Acará, que é uma associação de produtores que trabalha com agricultura orgânica e ecoturismo em Boa Vista. Neste passeio é possível conhecer ao plantio de priprioca, uma raiz aromática utilizada na produção de cosméticos, além da plantação de açaí, cupuaçu, biribá e muitas outras espécies frutíferas. É possível conhecer também todo o processo de produção artesanal da farinha de mandioca, vivenciando desde o cuidado com a terra na plantação até o trabalho final na casa de farinha.

Fonte: Ana Gabriela Fontoura

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

Estação Gabiraba
Vale Verde Turismo
Vivejar