Com mais de 228 mil toneladas, 362 metros de comprimento (mais de 3 campos do maracanã), 72 metros de altura (o equivalente a um prédio de 24 andares) e com capacidade pra quase 9 mil pessoas, o “Symphony of the seas” é o maior navio de cruzeiros do mundo e faz parte da frota da Classe Oasis da Royal Caribbean. 

Destaques do navio

Entretenimento: Para o entretenimento, o navio possui uma arena de Laser Tag, espécie de videogame ao vivo em que duas equipes de jogadores se enfrentam com armas de raio laser na batalha pelo Planeta Z.  O Symphony of the Seas também ostenta o tobogã aquático mais alto do mundo (45,72 metros acima do nível do mar) e o maior cassino dos mares (que também é o maior fumódromo)

No gigantesco Royal Theatre, está em cartaz uma versão reciclada do espetáculo Hairspray, um musical da Broadway inspirado nos anos 1960 e vencedor de oito prêmios Tony, o Oscar do teatro americano.

No espetáculo de patinação no gelo, por exemplo, 40 drones fazem um balé sincronizado sobre o palco, enquanto no lado externo, no Aqua Theatre, atletas olímpicos de várias partes do mundo fazem um show de acrobacias aquáticas.

Acomodação: A nova vedete é a Ultimate Family Suite, um apartamento duplex onde o quarto das crianças, no andar superior, é conectado à sala de estar por um tobogã. A suíte de 125 metros quadrados ainda tem uma sala de cinema 3D com máquina de fazer pipoca, parede de Lego do teto ao chão e uma varanda de 20m2 equipada com jacuzzi. A decoração é um espetáculo à parte, com luminárias coloridas que pendem do teto como balões, pufes multicoloridos e cadeiras em formatos insólitos. A média de preço é de US$ 45 mil para uma família de quatro pessoas por semana.

Gastronomia: Em uma semana de cruzeiro, são consumidas, em média, 350 toneladas de comida. Para saciar o apetite voraz de seus passageiros, o navio tem 33 cozinhas sob o comando do chef executivo Gary Thomas, um grandalhão de Liverpool conhecido como “general”, que se refere ao Shymphony of the Seas como “the beast” (“a fera”). 

Há 20 restaurantes a bordo, sendo 11 deles “de especialidade”, pagos à parte, a preços que variam de US$ 20 a US$ 53,90. Neste setor, a grande novidade é o Hooked (US$ 20,90 no almoço e US$ 42,90 no jantar). Especializado em frutos do mar, tem ostras e outros itens frescos no cardápio. 

O arsenal gastronômico especial também incorpora o novo bufê mexicano El Loco Fresh, ao ar livre, perto das piscinas, e o Playmakers Sports Bar & Arcade, onde são servidos hambúrgueres e afins para acompanhar a transmissão de jogos nos telões. Entre as laricas, a novidade é a Sugar Beach, um mix de sorveteria com confeitaria que, ao começo de cada viagem, é abastecido com 4 toneladas de tentações açucaradas

Roteiros: O Symphony of the Seas fará cruzeiros de três (desde US$ 850), sete (desde US$ 1231) e nove (desde US$ 1666) noites com saídas de Barcelona durante o verão no Hemisfério Norte, passando por Palma de Mallorca, na Espanha; Marsella (que dá acesso à Provence), na França; e Florença, Pisa, Roma e Nápoles, na Itália. A partir de 10 de novembro, terá o novo Terminal A de Miami como base e fará cruzeiros de uma semana pelo Caribe (desde US$ 775), passando por destinos como Haiti, St. Thomas, Cozumel (México), St. Maarten e Porto Rico. Algumas rotas também incluirão CocoCay, ilha particular nas Bahamas onde a Royal Caribbean investiu U$ 200 milhões para transformá-la em um grande parque temático tropical, com tobogãs, a maior piscina de água doce do Caribe e um balão de hélio que permite observar a ilha de cima.

Fonte: https://viagemeturismo.abril.com.br/materias/como-e-viajar-no-maior-navio-de-cruzeiro-do-mundo/

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

R11 travel

Reservas: A R11 Travel é a representante oficial da Royal Caribbean no Brasil.