1. Documentação

Para viagens pelo Brasil, apenas o RG (expedido há menos de 10 anos) é o suficiente, ou outro documento oficial com foto (CNH, OAB, CREA e etc). Para viagens pelo Mercosul, o RG também é válido. Agora, para viagens em outros países o passaporte é necessário.

2. Peso das bagagens

Ao contrário do avião, nos cruzeiros sua mala pode pesar mais. Em uma viagem de navio, o limite de bagagem é de 90 kg. Mas vale sempre confirmar com a empresa ou agência antes de embarcar.

3. Entrada com líquidos

Não é permitido embarcar com alimentos e bebidas adquiridos fora do navio ou nos portos: “Os responsáveis pela segurança do navio estão autorizados a recolher esses itens e devolvê-los aos hóspedes no final da viagem, no momento do desembarque”.

4. Check-in & Check-out

O check in é feito no balcão da companhia marítima dentro do terminal de embarque. É preciso ficar atento ao horário limite para o check-in. Essa informação consta no voucher do cruzeiro e deve ser verificada e cumprida pelo hóspede. Para o check-out, siga a seguinte recomendação: na noite anterior ao desembarque, as malas deverão ser colocadas do lado de fora da cabine e deverão ser lacradas. Os débitos com o consumo realizado a bordo são entregues nas cabines e devem ser quitados até o dia seguinte antes do desembarque.

5. Chegar com antecedência

Assim como no avião, é preciso chegar antes no porto. É recomendado chegar com 4h de antecedência da saída do navio.

6. No embarque entrego as malas, quando pego a minha bagagem novamente?

Essa é uma dúvida que muita gente tem na hora de fazer cruzeiro. Por isso, é tão importante entregar as malas lacradas e com cadeados: “Somente entregue as malas aos funcionários identificados pela companhia marítima como seus agentes, que estarão uniformizados e identificados. As bagagens precisam ser etiquetadas com os adesivos recebidos pelos passageiros junto com o voucher do cruzeiro. É recomendada ainda a identificação das bagagens com fitas ou com algum item pessoal. Você pegará a mala novamente assim que embarcar. Ela estará em frente a sua cabine”.

7. Na viagem de navio tudo é cobrado em dólar?

Geralmente os cruzeiros que passam pela América do Sul e Caribe cobram em dólar americano. É recomentado levar um cartão internacional.

8. E se eu passar mal abordo? 

Os navios contam com médicos e enfermeiros disponíveis 24h todos os dias da semana. Eles estarão lá para auxiliar sempre que necessário. É interessante também, contratar um seguro viagem para garantir.