1. Cidade Amurelhada 

A Cidade Amuralhada é a região de Cartagena cercada por uma antiga muralha que tinha como função proteger a região contra ataques estrangeiros. Ela é formada por quatro pequenos bairros: Centro, San Diego, Matuna e Getsemani, e concentra alguns dos principais pontos turísticos da região – entre eles o Palácio da Inquisição e a Torre do Relógio. Dentro das muralhas está quase toda a parte antiga de Cartagena, com suas ruas românticas e edificações antigas.

2. Getsemani 

O bairro, que no passado já foi moradia de escravos, ponto de traficantes e zona de prostituição, passou por um forte renascimento cultural na última década e hoje se transformou em uma região boêmia, alegre e alternativa.

Muito conhecido como o bairro dos mochileiros, hoje o Getsemaní ganhou novos ares, sem perder sua essência. Em meio aos descolados hostels, barzinhos e barracas de rua, os hotéis boutique, as galerias de arte e restaurantes conceituados estão ganhando seu espaço. Passear pelo bairro e admirar a arte de rua é algo que todos que visitam Getsemani deveriam fazer.

3. Torre do Relógio 

Na entrada principal da cidade amuralhada é possível contemplar a Porta e a Torre do Relógio. Das três portas que estão abertas, somente a central existia originalmente enquanto que os outros dois espaços permaneciam ocupados por una sala de armas e uma capela. Em 1874 foi instalado um relógio trazido dos Estados Unidos e que após 63 anos foi substituído pelo atual, importado da Suíça.

4. Muralha 

O projeto das muralhas de Cartagena, que durou quase dois séculos e foi concluído em 1796 com a finalidade de defender a cidade de possíveis ataques piratas. O centro histórico está cercado por 11 quilômetros desses muros imponentes de pedra que são complementados com fortalezas e baluartes, pelos quais é possível contemplar o pôr do sol sobre o mar Caribe.

5. Castelo San Felipe

Se perder ao caminhar pelos túneis do castelo de San Felipe de Barajas é um programa que permite conhecer por dentro o “guardián de Cartagena” (guardião de Cartagena). Os espanhóis tentavam se defender dos ataques dos ingleses, foi então que no ano de 1657, foi concluída esta fortaleza sobre o morro de San Lázaro para dominar a partir desse ponto o único acesso  que a cidade tinha pelo continente. A partir do castelo é possível tirar ótimas fotos da baía.

6. Bairro de San Diego 

San Diego é o bairro vizinho ao Centro, uma região mais residencial, com construções menores, porém um bairro estiloso e com boas opções de restaurantes. O bairro não é barato, mas comparado ao Centro, encontram-se preços bem menores. Essa é uma região mais tranquila, com menos fluxo de turistas. Contudo há uma região do bairro que é comercial e bem mais movimentada.

7. Igreja de San Pedro

O Templo de San Pedro Claver abriga uma igreja e um monastério construídos a partir do século XVII. A entrada é paga (9.000 COP) e o lugar tem um claustro superbonito, com museu de arte sacra e visita às dependências do conjunto arquitetônico. 

Fazendo a visita você poderá conhecer a parte superior da construção, onde fica o órgão, e ter uma visão ainda melhor da igreja, que tem um pé direito bem alto. 

8. Praia Blanca 

Para chegar nessa praia de águas claras e areia fofa, é necessário pagar por uma excursão ou pegar um barco para chegar a ilha de Baru, aproximadamente 40 minutos de Cartagena. Uma visita a praia pode ser um passeio divertido e relaxante, porém pode também tornar-se um passeio exaustivo por conta do excesso de vendedores e ambulantes que frequentam e importunam os visitantes. 

Mesmo com a distância e o problema dos vendedores, não retire do roteiro uma visita a praia Blanca, com certeza será uma beleza difícil de se esquecer. 

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

Aviatur
Descubra Turismo
TGK Travel
Colombia Travel
Pisa Trekking
CiaEco