Minas Gerais não conquista somente pelo estômago. O Estado é de encher os olhos de qualquer visitante. Conhecer as Cidades Históricas de Minas é viajar no tempo, entender de perto a história do Brasil e admirar a arquitetura bem preservada desde a época da colônia.

Listamos aqui 10 destinos mineiros que você merece conhecer, confira!

1. Diamantina 

Além de ser uma das cidades históricas de Minas Gerais, Diamantina foi terra de Juscelino e está repleta de prédios históricos


Distância de BH: 295km

 

Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e terra de Chica da Silva e de Juscelino Kubitschek, Diamantina é uma das principais cidades turísticas de Minas Gerais. Repleta de igrejas, casarões e construções bem preservados, a cidade é daquelas para caminhar lentamente e explorar cada cantinho.
Os aventureiros também vão curtir as paisagens naturais da Serra do Espinhaço, que incluem cachoeiras, grutas e trilhas. E quem curte boa música em meio a belos cenários, não pode perder a “Vesperata”, festival musical que acontece dois sábados por mês, com músicos tocando nas sacadas dos casarões da Rua da Quitanda. Uma boa sugestão para fazer turismo em Minas Gerais

Diamantina
Cachoeira do Tabuleiro - Serra do Espinhaço
Vesperata

2. Mariana 

As igrejas Nossa Senhora do Carmo e São Francisco de Assis são duas grandes atrações de Mariana e do turismo em Minas Gerais


Distância de BH: 127km

Mariana foi a primeira vila, cidade e capital de Minas Gerais, fundada em 1711. Fica pertinho de Ouro Preto, tanto que dá até para ir de maria-fumaça até lá, num passeio ao mesmo tempo histórico e divertido.

Dona de um enorme patrimônio arquitetônico barroco produzido durante o Brasil Colonial, Mariana é também destino dos amantes de esportes radicais, como montanhismo e mountain bike, graças ao Parque Estadual do Itacolomi, onde fica o Pico do Itacolomi.

São muitas as razões para Mariana ser considerada uma das cidades históricas de Minas Gerais.


Igreja Nossa Senhora do Carmo
Igreja de São Francisco de Assis
Vista do Pico do Itacolomi
Mina da Passagem

3. Sabará

Igreja Nossa Senhora da Conceição, de 1707, é uma das joias arquitetônicas de Sabará

 

Distância de BH: 15km

Em plena região metropolitana de BH, a pequena Sabará esbanja charme histórico, com seus casarões em estilo barroco do século 18 e 19, incluindo o prédio da prefeitura onde, no passado, hospedaram-se figuras ilustres como Dom Pedro I e II.

É possível admirar obras de Aleijadinho na igreja Nossa Senhora do Carmo, enquanto a bela Matriz de Nossa Senhora da Conceição é rica em detalhes em ouro. Sem falar nos chafarizes antigos, que tem até água potável. Existem muitos lugares para viajar em Minas Gerais, e sem dúvida, Sabará é um deles.

 

 

Igreja Nossa Senhora da Conceição
Chafariz do Rosário - Sabará
Igreja Nossa Senhora do Carmo
Igreja de N. Sra. do Carmo por dentro

4. Serro   

Distância de BH: 230km

Pequenina, mas cheia de atrativos naturais, históricos e gastronômicos, a cidade de Serro merece uma visita de pelo menos um dia. Rodeado por serras, morros, rios e cachoeiras é um maravilhoso destino para os apreciadores do turismo ecológico e histórico.

Pelas inúmeras ladeiras, espalham-se inúmeras igrejas e casarões encantadores, com destaque para a Matriz Nossa Senhora da Conceição e a Igreja Nossa Senhora do Carmo. Claro que não dá para passar pela cidade sem provar o delicioso e exclusivíssimo queijo do Serro.

Igreja de Santa Rita
Cachoeira Tempo Perdido, Serro
Queijos da região

5. Ouro Preto 

As atrações em Ouro Preto são muitas, mas o Convento Nossa Senhora do Carmo é destaque.

Distância de BH: 108km

Aquela que chegou a ser capital do Brasil no auge do ciclo do ouro, é hoje uma das populares cidades históricas de Minas Gerais. Ouro Preto é tombada como Patrimônio Histórico e é uma verdadeira aula ao ar livre.

Dentre suas atrações, as obras projetadas do Aleijadinho são destaque absoluto, tendo carro-chefe a Igreja São Francisco de Assis. Inclua no roteiro também as galerias da antiga Mina do Chico Rei e o Museu da Inconfidência.

Igreja de São Francisco de Assis
Mina do Chico Rei
Museu da Inconfidência

6. São João Del Rei 

Cada rua é uma descoberta histórica e arquitetônica em São João del Rei

 

Distância de BH: 200km

Uma das maiores cidades setecentistas mineiras, São João del Rei é uma das cidades históricas de Minas Gerais e também é das mais bonitas arquitetonicamente dentre os lugares para viajar em Minas. Ligada a Tiradentes via maria-fumaça, é repleta de lindas igrejas e capelas, muitas com adornos em ouro, vestígios do período áureo da cidade.

Dentre as atrações imperdíveis, estão as igrejas Nossa Senhora do Rosário, Nossa Senhora do Pilar, Nossa Senhora do Carmo e o museu de Arte Sacra. Terra natal de Tancredo Neves, a cidade é também cheia de repúblicas universitárias, que garantem o agito e a diversão noturna.

São João Del Rei
Igreja Nossa Senhora do Rosário
Museu de Arte Sacra

7. Tiradentes 

Pequena, mas cheia de charme: Tiradentes é parada obrigatória entre as cidades turísticas de Minas Gerais


Distância de BH: 203km

No roteiro das cidades históricas de Minas Gerais, Tiradentes é destaque absoluto. Apesar de ser uma das menores, é também uma das mais charmosas. Tombada como Patrimônio Histórico e sede de famosos festivais de cultura, gastronomia e cinema, a cidade também é conhecida por prédios históricos como a Matriz São João, com planta feita por Aleijadinho, e a Capela Bom Senhor da Pobreza.

Os foodies de plantão terão ótimas opções gastronômicas para explorar ao Largo das Forras – não dá para perder o famoso doce de leite do Bolota.

Tiradentes
Capela Bom Jesus da Pobreza
Igreja Matriz São João

8. Congonhas do Campo 

O Santuário de Bom Jesus de Matosinhos é um espetáculo barroco imperdível de Aleijadinho


Distância de BH: 93 km

Indiscutivelmente, o principal atrativo da pequenina Congonhas do Campo, é o conjunto arquitetônico e paisagístico de Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, Patrimônio da Humanidade desde 1985. É lá que estão os Doze Profetas de Aleijadinho, as estruturas em pedra-sabão feitas entre 1794 e 1804 por Aleijadinho.

O santuário é composto por uma igreja, um adro e seis capelas anexas. O passeio pelo santuário dura cerca de duas horas, e vale qualquer esforço ou dedicação. Não é sem razão que Congonhas do Campo é um dos lugares mais bacanas  para visitar em Minas.

Os Doze Profetas de Aleijadinho
Museu Romaria
Museu de Congonhas

9. Catas Altas, Serra do Caraça 

Entre Catas Altas e Santa Bárbara, o Santuário do Caraça destaca-se na paisagem da Serra do Espinhaço

 

Distância de BH: 120km

Situado entre os municípios mineiros de Catas Altas e Santa Bárbara, o Santuário do Caraça tem mais de 12 mil hectares. Foi fundado em 1774 e já recebeu visitas ilustres, como Dom Pedro II. É possível fazer diversos tipos de trilhas do santuário, passeando por entre as cachoeiras escondidas nas montanhas da Serra do Caraça.

A gastronomia também tem destaque por lá: além do café colonial, não perca a hora do jantar. Depois da ceia, os padres que tomam conta do local se reúnem com os hóspedes para esperar visitantes ilustres: os lobos guará, que passam no pátio principal do santuário para fazer um lanchinho noturno.

Santuário do Caraça
Parque Natural do Caraça
Cachoeira em Serra do Caraça

10. Vitoriano Veloso, Prados 

Distância de BH: 208km

O povoado de Vitoriano Veloso, também conhecido como Bichinho, pertence ao município de Prados, e pertinho de Tiradentes. São apenas cerca de mil habitantes morando lá, mas  vale um dia de passeio.

O melhor programa por lá é visitar as oficinas e ateliês de artesanato, que ocupam a avenida principal da cidade. Outros destaques são o Alambique Velho Ferreira, o Museu do Automóvel e a Igreja de Nossa Senhora da Penha.

 

 

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Penha
Alambique Velho Ferreira
Cachaça Velho Ferreira
Museu do Automóvel
Casa Torta

Fonte: https://www.kayak.com.br/news/cidades-historicas-minas-gerais/ 

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

Matrix Tur
Ouro Preto Travel