Autor: Rebeca C. Rocha

Centro de Pesquisa de Viagens e Turismo

Ceará: de Fortaleza a Jericoacoara

É momento de fazer algumas paradas ao redor da costa cearense. Nada melhor do que aproveitar sol, praia, água fresca e uma boa refeição. Com o recente aeroporto pousando em Jericoacoara, seu acesso ficou mais praticável ao turista, que não precisa mais aterrissar na capital e enfrentar mais 4h e 30min de carro até o…
Leia mais

Ceará: comida e diversão

Passeios, diversão e comida boa, ingredientes essenciais para uma viagem memorável. Fortaleza é uma cidade que cresce e se desenvolve bastante a cada ano, reunindo cada vez mais gastronomia de alta qualidade. A fim de conjugar em um só post um resumo que facilitará a sua viagem, evitando perrengues e perda de tempo, aqui seguem…
Leia mais

Ceará: mar e sertão

Ceará, terra de cangaceiro e de jangadeiro. Só isso já é o bastante para se ter uma visão do que está por vir em termos de gastronomia. O Estado é resultado da colonizado por portugueses, com atuação especial dos jesuítas na catequização e pacificação indígena. Dessa forma, como em todo o Brasil, sofreu influência desses…
Leia mais

Ceará: seus frutos do mar

O Nordeste todo é conhecido pelas belezas de suas praias. Banhos de mar, cadeiras ao sol, areia aos pés, bronze, água de coco, um peixe frito ou um camarão…não, ostras…não, lagosta! Já se imaginou nessa cena? Embora o costume cearense permeie muito mais do que seus frutos do mar, como dito no post  http://uamtour.com.br/?p=47038, não…
Leia mais

Manaus: onde peixe é como o churrasco para o gaúcho

As peixarias estão para Manaus assim como as churrascarias para Porto Alegre. Em nenhum local do Brasil come-se tanto pescado (fresco, diga-se de passagem) quanto no Amazonas. Frito, grelhado, assado, cozido, em tapioca, sanduiche, com arroz, com farofa e banana. A variedade de espécies e de modo de preparo é extensa. Você pode escolher, ainda,…
Leia mais

Amazonas: o coração e o estômago do Brasil

O Brasil, tal qual o conhecemos hoje, não é um país de origem, mas de origens, no plural. O mais próximo que conseguimos chegar da nossa origem cultural, é quando nos afastamos das grandes cidades e buscamos maior contato com a natureza. Amazonas é o maior Estado do Brasil, considerando sua área ocupada, equivalendo a…
Leia mais

Pará: não é só tacacá

Lembranças gastronômicas sempre acompanham uma viagem memorável. Acontece que, embora uma das melhores formas de se conhecer a cultura local seja através da comida, nem todos são “aventureiros gastronômicos de plantão”. Isso não significa deixar de comer bem. A culinária paraense, por óbvio, é acompanhada por todo o Estado. Entretanto, ninguém disse que lá só…
Leia mais

Pará: comida e história no mercado Ver-O-Peso

Um dos cartões postais da cidade de Belém, o Mercado Ver-O-Peso contém imensa carga histórica, já que essa cidade era o maior entreposto comercial da região de produtos extraídos da região amazônica e ponto de chegada de produtos europeus, por volta do século XVII. O mercado propriamente dito, na sua configuração original, foi inaugurado em…
Leia mais

Pará: gastronomia na Estação das Docas

A Estação das Docas, em Belém, não é apenas um ponto turístico, mas um local de convergência gastronômica da região, além de se apresentar como um complexo turístico e cultural. Esse antigo porto de Belém transformou-se no que hoje se apresenta em 13 maio de 2000. É um espaço que reflete a cultura amazônica, dividido…
Leia mais

Pará: chocolate amazônico

Sabe-se que o cacau é um produto natural das Américas. Com isso, antes mesmo da fama dos chocolates europeus, os índios eram seus maiores consumidores, sendo considerado sagrado e utilizado em rituais. Somente com a chegada dos colonizadores portugueses e espanhóis, a cultura do cacau foi difundida e modificada, acrescentando-se açúcar na sua composição e…
Leia mais