“Tan linda que enamora”

Salta fica a 1480 km de distância de Buenos Aires, é uma das mais importantes cidades do noroeste argentino e localiza-se a leste da cordilheira dos Andes. Tem muita natureza e convida a se conectar com diferentes sensações, oferecendo uma diversidade de propostas.  Em cada lugar o turista encontra algo que pode chamar sua atenção, que o faça contemplar e ser parte de um espetáculo natural incrível.
Fonte: Dicas da Argentina

1. Deserto del Diablo

É uma zona que se diferencia por uma infinidade de formações sedimentares avermelhadas que oferecem uma paisagem incrível para quem viaja. É um dos lugares mais isolados, possui um ar seco ao extremo e, para alguns, um dos lugares mais estranhos do país por suas formas e cores chamativas.
Fonte: Kevin Jones

2. Quebrada de las Conchas

Também conhecido como Quebrada de Cafayate, localiza-se a 90 km da Ciudad de Salta e fica dentro dos Valles Calchaquíes. É um dos lugares preferidos de quem visita a Província de Salta pela paisagem colorida que suas montanhas proporcionam.
Fonte: Dicas da Argentina

3. Quebrada de las Flechas

 É considerado um dos trechos e paisagens mais lindas do Valles Calchaquíes, é composto por formações rochosas inclinadas, de 15 a 20 milhões de anos, que formam passagens com paredes de 20 metros de altura em ambos lados da estrada (Ruta Nacional Nº 40).
Fonte: C. Rosay

4. Cuesta del Obispo

Fica a 82 km de distância da cidade de Salta. É formado por um trecho de subida sinuosa que se estende por 20 km e conecta o Valle de Lerma ao Alto Valle Calchaquí. Ao final da estrada com vários zig-zags pode-se admirar uma paisagem natural magnífica à uma altura de aproximadamente 3.457 metros sobre o nível do mar.
Fonte: ARG Travel

5. Ojos del Mar

São lagoas de águas azuis, profundas e salgadas localizadas poucos quilômetros antes de Tolar Grande. Uma curiosidade é que lá, recentemente, foram encontrados estromatólitos(sendo algumas das poucas que ainda estão vivas atualmente em todo o mundo), que são bactérias originais da vida terrestre, que vivem em alturas de 4.000 metros e de interesse para a biotecnologia.
Fonte: TripAdvisor

6. Salinas Grandes

Situadas ao norte de San Antonio de los Cobres, as Salinas Grandes formam um vasto horizonte branco que o sol reflete diversas tonalidades ao longo do dia e onde pode-se observar antigas técnicas de extração de sal. Aconselha-se fazer uma parada na região de Puna para ver o pôr do sol em uma das paisagens mais incríveis da região.
Fonte: TripAdvisor

7. Cono de Arita

É uma formação cônica ao sul do salar de Arizaro, é considerado o terceiro maior salar da América do Sul e o maior em tamanho da República Argentina. Encontra-se em Puna, Salta, a 80 km de Tolar Grande.
Fonte: Ben Stubbs

8. Puente del Diablo

É uma caverna, de aproximadamente 111 metros de extensão, pela qual passa o leito fluvial do rio Calchaqui e é constituída pelas lavas dos vulcões Gemelos de La Poma y de pedra de calcário. Localiza-se a 7 km ao sul de La Poma.
Fonte: Moto Rent Salta

9. Los Médanos de Cafayate

 As Dunas de Cafayate ficam a 6 km da Cidade de Cafayate, alcançam de 25 a 30 metros e são ideais para caminhar em meio da impactante paisagem dos Valles Calchaquíes.
Fonte: TripAvisor

10. Valle Encantado

Este Vale está localizado no coração do Parque Nacional los Cardones e une forças e cores naturais em contrastes. Alí pode-se observar um pequeno lago, pinturas rupestres, no interior de cavernas, e condores.
Fonte: Lisardo Maggipinto

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

CiaEco
Terramundi
FreeWay Turismo
Via Regia Turismo