“Viví Córdoba todo el año”

 

Córdoba é a segunda cidade mais importante da Argentina, atrás somente de Buenos Aires, que fica a 715km de distância. A cidade ganhou o título de Capital Cultural das Américas em 2006. Este destino conta com uma combinação de estilos com estruturas modernas e coloniais.

Fonte: Dicas da Argentina

1. Plaza San Martín

É uma área verde considerada a principal praça da cidade, localizando-se no centro de Córdoba. Foi planejada pelo Governador Tenente Lorenzo Suárez de Figueroa em 1577 apenas 4 anos depois da fundação da cidade, e foi a partir dessa praça maior que a cidade se expandiu. A Praça é um lugar de referência tanto para turistas quanto para moradores locais, sendo palco de apresentações culturais, protestos e manifestações.
Fonte: Aoife e Alan

2. Plaza Sarmiento

É o maior espaço verde da cidade. Foi construída entre 1889 e 1911 e desenhada pelo Francês Carlos Thays. Seu nome é uma homenagem ao ex-presidente da República Argentina, Domingo Faustino Sarmiento. Possui grandes árvores, jardins, bancos, fontes, um lago artificial com uma ponte, anfiteatro grego, pista de patinação, zoológico, entre outras coisas.
Fonte: Dicas da Argentina

3. Manzana Jesuítica

Manzana, além de Maçã, pode ser traduzido como quarteirão, como neste caso, Manzana Jesuítica é uma quarteirão urbano localizado no centro da cidade de Córdoba e onde encontram-se a Iglesia de la Compañia de Jesús, a antiga sede da Universidade Nacional de Córdoba que hoje é um museu, o Colégio Nacional de Monserrat e a Capela Doméstica. A Manzana tem um grande valor histórico, arquitetónico e cultural e por isso no ano 2000 foi declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Fonte: Getty Images

4. Paróquia Sagrado Corazón de Jesus

Seu verdadeiro nome é Iglesia del Sagrado Corazón de Jesús de los Padres Capuchinos e por isso pode ser chamada também de Iglesia de los Capuchinos. É um templo que combina elementos de estilo gótico e romântica e que foi construído pelo arquiteto Augusto Ferrari a partir de 1926, porém só foi totalmente terminado em 1980. A igreja pertence à Ordem Franciscana, foi  eleita a Primeira Maravilha Artificial da cidade de Córdoba e se destaca pelo seu grande número de esculturas e pinturas.
Fonte: TripAdvisor

5. Catedral de Córdoba

Essa Catedral levou séculos para ser totalmente construída, iniciando em 1577 e terminando com Emilio Caraffa dando os últimos detalhes em 1914, todo esse tempo levou a Catedral a ter diferentes estilos arquitetônicos, o que a torna uma das principais joias da arquitetura colonial argentina. Foi denominada como Templo Mayor desde a fundação da cidade de Córdoba, encontra-se no coração histórico da cidade e é um dos ícones mais representativos da capital cordobesa.
Fonte: Dicas da Argentina

6. Palácio Ferreyra

O Palácio Ferreyra foi inaugurado em 1916, em um estilo Francês nasceu da elegância das famílias mais tradicionais da cidade. Desde outubro de 2007 o prédio abriga ao Museu Superior de Belas Artes Evita com a ideia de contar com um lugar para exibir a coleção de arte da Província de Córdoba, que tem mais de 400 obras em exposição.
Fonte: Governo de Córdoba

7. Paseo del Buen Pastor

Também chamado de Paseo Cultural del Buen Pastor, é um centro cultural, recreativo e comercial localizado no coração do bairro Nueva Córdoba. Foi inaugurado em 2007 e funciona como ponto de encontro entre os cordobeses. É um dos espaços mais agradáveis que tem a cidade, pelo seu espaço recreativo, cultural e turístico. O Paseo conta com uma galeria comercial, onde ocorre eventos e exposições, restaurantes, bares, lojas e uma fonte de águas dançantes com um sistema de música e iluminação. O local antigamente abrigava à um mosteiro, uma capela e até uma prisão de mulheres por volta de 1901.
Fonte: Governo de Córdoba

onde comprar:

(nossa seleção de empresas de turismo especialistas nesse destino)

CiaEco
Wheel The World
PompTur