O Brasil, tal qual o conhecemos hoje, não é um país de origem, mas de origens, no plural. O mais próximo que conseguimos chegar da nossa origem cultural, é quando nos afastamos das grandes cidades e buscamos maior contato com a natureza.

Amazonas é o maior Estado do Brasil, considerando sua área ocupada, equivalendo a 18,3% da dimensão total do país. Sua dimensão é maior que quase todos os países da América do Sul e da Europa. Manaus, sua capital, já foi inclusive foco da economia gomífera.

Com esse tamanho, vem uma imensidão de riqueza acompanhada, sendo reflexo da origem do Brasil antes mesmo do descobrimento. Aqui retomamos técnicas e sabores milenares de raízes, frutas, peixes e sementes.

Boa parte de sua gastronomia se repete no restante do Norte do país, tendo por base a mandioca, que pode ser explorada no post “Pará: a culinária que te espera por lá!

Dada a abundância de pescados nos rios do Amazonas, a mandioca divide espaço com outro astro. As principais espécies consumidas são o tambaqui, tucunaré, pirarucu, jaraqui, pacu e matrinchã, que servidos fritos, assados ou cozidos. Os acompanhamentos costumam ser pirão, baião de dois ou farinha de Uarini, indispensável na mesa do amazonense, também conhecida como farinha de bolinha, por lembrar as ovas dos peixe da região.

Alguns pratos regionais com peixe são:

Jaraqui frito. Foto: portal beiju
Pirarucu à casaca: peixe em pedaços e frito, servido em camadas com banana frita, batatas refogadas e farofa mandioca, ovos cozidos e leite de coco. Foto: pinterest
Caldeirada: postas de peixe tucunaré, batatas, cebolas, repolho, pimentões, ovos, tomates, salsa e coentro e molho de tomates. Foto: visite o brasil.

Entre as mais apreciadas frutas, estão a pitomba, o cupuaçu, a graviola, o tucumã, o taperebá, a pupunha, o araçá-boi, o biribá, o abio, o buriti, a bacaba, o açaí, o patauá e o conhecido guaraná da Amazônia.

Na refeição matinal do amazonense aparece ainda o “x-caboquinho”, pão francês com tucumã, queijo coalho, e banana pacovã frita.

A tapioca também pode receber o mesmo recheio e é igualmente apreciada.

X-Caboquinho. Foto: amazonas em tempo

Warning: file_put_contents(): Only 4096 of 7140 bytes written, possibly out of free disk space in /var/www/html/wp-content/plugins/essential-addons-for-elementor-lite/includes/Traits/Generator.php on line 285