O Acre foi comprado da Bolívia em 1903, através da assinatura do Tratado de Petrópolis e em 1904 tornou-se definitivamente território federal.

O Acre está localizado na região Norte onde se encontra a tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia, sofrendo influências culturais dos povos que habitaram ali desde sua colonização (indígenas, nordestinos, árabes, bolivianos e peruanos).

A mistura de tradições indígenas e das culturas das diversas regiões brasileiras junto com ingredientes como a carne de sol, diversos tipos de peixes, o tucupi, a mandioca, entre outros, fazem da culinária acreana uma cozinha muita rica e variada.

CULINÁRIA NO ACRE 

Pratos Típicos

Baixaria

É prato apetitoso, que mata a fome e que se come com gula, sem modos, geralmente servido no café da manhã.

Fonte: Livro Ambiências – Histórias e Receitas do Brasil  (Mara Salles).

Café da Toinha – Mercado do Bosque – Rio Branco/AC.

Pirarucu de Casaca

São camadas de farinha no fundo, pirarucu refogado com os temperos cortados, pedaços de banana frita, ameixa preta intercalada, batata palha.

Quibe de arroz

O quibe de arroz é uma adaptação acreana do quibe tradicional. A massa, ao invés de ser preparada com trigo amolecido, leva arroz cozido com caldo de galinha e um pouco de manteiga, recheada de carne moída e depois frito.

Tambaqui à moda acreana

Os peixes são o carro forte da culinária acreana e em toda a Região Norte. A receita do tambaqui acreano já foi premiada e usa as costelas do peixe, e para quem gosta de carne branca, o pirarucu e o filhote são boas opções.

O tambaqui é uma espécie bastante apreciada, e a costela de tambaqui pode ser uma das opções encontradas nos cardápios dos restaurantes locais.

O cupuaçu é uma fruta típica da região de floresta amazônica. No Acre e a torta de cupuaçu é uma das sobremesas mais pedidas nos restaurantes.