uamtour@gmail.com

Tocantins: a saudável culinária do norte

Centro de Pesquisa de Viagens e Turismo

CULINÁRIA DE TOCANTINS

Por ter uma importante bacia hidrográfica, formada principalmente pelos rios Araguaia e Tocantins, a culinária do estado é fortemente marcada por pescados, muitos deles apenas encontrados nesses rios. Sua cozinha tem, entre suas principais influências, a cultura indígena, portuguesa, paulista, mineira e negra, e é muito semelhante à cozinha goiana (por terem formado um único estado até 1988) em pratos como o arroz com pequi, a pamonhada e o peixe na telha. Alguns pratos típicos:

Chambaril

Músculo bovino é temperado com ervas, sal, pimenta-de-cheiro, salsinha e coentro tomates e bastante cebola.

Feijão Tropeiro

O Feijão Tropeiro é servido nos restaurantes de Tocantins, temperado com salsinha, bacon, calabresa defumada, torresmos e farinha de mandioca.

Peixe assado na folha de bananeira

O prato é feito com tucunaré, um peixe típico da região, mas pode ser preparado com outras espécies de peixes.

Frango Tostado

Frango assado com batatas, temperado com alho, sal, toucinho, açúcar, cebola e pimenta-do-reino. O toucinho é derretido numa panela com o açúcar e a cebola, formando uma espécie de calda que vai por cima do frango enquanto ele é assado e tostado.

Amor Perfeito

O doce é pequeno, mas o gosto é imenso. Isso é o que dizem os tocantinenses sobre o biscoito que é a cara e a identidade do Tocantins: o Amor-Perfeito. Feito a base de polvilho, leite de coco, manteiga de leite e açúcar refinado, ele derrete na boca. O Amor-Perfeito ganhou fama e ultrapassou as fronteiras do município de Natividade, no sudeste do estado, sendo vendido em outros estados brasileiros.

Na época da festa do Divino Espírito Santo, são feitos em forma de pomba e servidos de graça aos visitantes.

Licores de Natividade

Caju, jenipapo, pequi e murici são as frutas do cerrado que mais servem de matéria-prima para os licores artesanais, cujas receitas passam de geração em geração. Por ocasião da Festa do Divino Espírito Santo, são distribuídos gratuitamente em embalagens trabalhadas que parecem obras de arte. Também são encontrados em Monte do Carmo.

Paçoca de Carne de Sol

Um dos alimentos mais tradicionais do Tocantins é a paçoca de carne seca, que tem a grande vantagem de manter a qualidade por vários dias, sem necessidade de refrigeração. Esse prato tem como sinônimo o nome da cidade de Arraias, que para muitos é onde se faz a melhor paçoca do Estado. Sua popularidade é antiga: ela era levada pelos cavaleiros que passavam pela região. A carne seca, cortada em cubos e frita em óleo quente, é socada no pilão (de preferência sem verniz), com alho picado e farinha de mandioca. Ela vai se desmanchando com o bater ritmado das mãos de pilão que se alternam – duas ou três pessoas batendo, conforme o tamanho do pilão, entre 15 a 20 minutos.

Peixe no leite de coco de babaçu

Este prato é preparado com caris, cheiro-verde, tomate, cebola, pimenta-de-cheiro e leite de coco babaçu. Depois dos caris limpos, o peixe é colocado para ferver junto com os temperos para formar um molho. Depois disso, é acrescentado o leite de coco, sempre mexendo para não talhar.

Restaurante na Praia do Prata – Palmas/TO 

Visitantes podem passar o dia nos bares e restaurantes ao longo da praia do Prata.

CULINÁRIA - JALAPÃO - TOCANTINS

O Jalapão é uma região ainda isolada e pouco explorada do Tocantins, o que limita a oferta de restaurantes para os viajantes.

Quem visita o Jalapão deve ter em mente que não há grandes estabelecimentos, cardápios luxuosos ou pratos altamente elaborados.

O que prevalece no Jalapão é o maravilhoso tempero caseiro dos moradores, que muitas vezes abrem as portas da própria casa para os viajantes e servem o melhor da culinária local. 

RESTAURANTE DONA OLAÍDE (JALAPÃO)

A cidade de Mateiros é uma das integrantes do Parque Estadual do Jalapão e concentra as melhores atrações da região.

No fervedouro Rio Sono, a cozinheira serve comida caseira mediante reserva (ou com algum tempo de espera).

Do fogão á lenha saem porções de caranha frita (peixe de água doce), macaxeira, carne, massa, arroz, feijão e farofa. 

RESTAURANTE FAZENDA ESTRELA (JALAPÃO)

A cidade de São Félix do Tocantins pode ser porta de entrada ou de saída do Jalapão, a aproximadamente 260 km de Palmas, onde fica o restaurante Fazenda Estrela.

Da cozinha, são servidas refeições como saladas, carnes, frango e opções vegetarianas como o estrogonofe de legumes (é necessário agendamento prévio).

A fazenda é ponto final do rafting pelo rio do Sono.

A propriedade abriga ainda um poção e a cachoeira da Arara, com duas quedas.

2 comentários

  1. […] Veja mais o que tem de comida e restaurantes para ir, acessando: http://uamtour.com.br/?p=32819 […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *