uamtour@gmail.com

Espanha: com a comunidade Hippie

Centro de Pesquisa de Viagens e Turismo

Não muito longe do Sul da Ilha de Tenerife (uma grande zona turística da região), nas praias de Caleta e Diego Hernández encontramos pessoas e famílias que decidiram lutar contra o consumismo e se afastar das massas, vivendo numa praia, apenas com os recursos mais imprescindíveis, tentando se integrar à natureza. Um refúgio para os que desejam escapar da sociedade moderna. 

Ali, encontram-se vários hippies, bem como casas escavadas nas rochas, que servem de lar a um heterogêneo grupo de pessoas que se opõem à situação global que as rodeia. Vivem sem luz ou energia, porém com a cabeça e a consciência tranquila. Quando precisam de dinheiro, vão as ruas e tocam violão ou vendem seus artesanatos, sempre se contentando com o que conseguem arrecadar, mesmo que seja pouco. 

Uma das habitantes, com cerca de 60 anos, descreve como era o local há 40 anos. Virgem, sem hotéis, sem turismo e explica como teme que aquelas mesmas praias, em cujas cavernas tanto ela como algumas das companheiras deram à luz os seus filhos, não tardem em desaparecer, para que tudo se converta em mais um complexo turístico. Temem que seu paraíso seja roubado a fim de se tornar o paraíso dos outros. 

 

FONTE: VICE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *