Marrakech é uma cidade encantadora. Impossível não se apaixonar pela sua vibração, por suas paredes quase cor de rosa, pelos aromas das especiarias, pelo sorriso cativante do povo e pela sua história. Dá para conhecer os seus principais pontos turísticos em apenas 2 dias ou 3 dias, mas para que seu coração também fique cor de rosa, recomendo ficar mais tempo. Assim, dará para voltar naquele souk que você achou interessante, comprar a especiaria que você esqueceu, tomar aquele drink num hotel badalado ou mesmo conhecer mais sobre a culinária marroquina.

Diante de tantos becos, ruas interessantes, pequenos museus, jardins e mais um sem número de atrações em Marrakech,  selecionei 10 passeios imperdíveis em Marrakech que marcaram os meus dias na cidade.

1. Praça Jemaa El-Fna: A praça Jemaa El-Fna é o ponto turístico mais visitado de Marrakech. Conta a história que até o século XIX, a praça foi palco de decapitações! Por sorte, atualmente, é um lugar de muitas alegrias.

Você deve visitá-la em dois momentos. Durante o dia, para tomar um delicioso suco de laranja, comprar ervas, flores ou frutos secos a granel e se impressionar com os domadores de serpentes e macacos. Se for tirar foto com algum deles, não esqueça de dar um trocado!! É o que eles esperam!

Marrakech praca 9

Marrakech praca cobra

Marrakech praca 4 suco

À noite, o que impressiona é a quantidade de gente aglomerada naquele espaço aberto. Parece que toda mundo da cidade – turistas e locais – vai lá comer churrasco ou alguma outra iguaria marroquina…, ouvir os contadores de história, apreciar os domadores de serpentes e depois ficar batendo perna, vendo gente passar. É tão impressionante, que foi declarada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Marrakech praca 3

Marrakech praca 1

Mesmo sendo bem turistão, adorei passear numa das charretes que ficam enfileiradas na praça! O passeio de 50 min. pelas ruas da cidade custa em torno de 30euros e é uma delícia!

Marrakech praca charretes

Ao final da praça, atravessando uma grande avenida, damos de cara com a Mesquita Koutoubia e seu bonito minarete, porém é proibida a visita de não muçulmanos.

Marrakech praca Koutoubia

2. Medina: Passear sem rumo pelas ruelas da Medina pode ser um bom começo para sentir como pulsa o coração da cidade. Medina em árabe significa cidade antiga, e por isso, aqui encontramos os segredos mais bem guardados de Marrakech. A beleza das portas, a quantidade de gente circulando, os vendedores de tudo que você possa imaginar e artesãos fazendo seu belo trabalho na porta do “ateliê”. Se estiver sem um guia, recomendo passear de dia e com um mapa, para que você possa ser ajudado a encontrar o caminho de volta, mesmo que não fale a língua. Ah…e se algum local te ajudar, dê uma “gorjeta”, pois eles certamente estarão esperando por isso.

Marrakech medina passeios capa

Marrakech medina 2

3. Souks: Os souks são os mercados de rua que ficam dentro da Medina, organizados segundo o tipo de produtos que são vendidos. Isso quer dizer que se você for no souk de couros, encontrará diversas vendas que comercializam couro. O mesmo acontecerá no souk de sapatos, tapetes, cestas, jóias, artigos em cobre, bronze ou prata, roupas, dentre outros. Há até mesmo um souk de tinturaria, onde tintureiros tingem fios naturais de lã e seda. É importante saber que os preços cobrados pelos vendedores não são tabelados, mesmo dentro de um mesmo souk. E fique atento pois eles sabem barganhar como ninguém. Está no sangue!!!Então, antes de sair às compras, exercite o seu poder de barganha também! 😉

Marrakech souk 1

Marrakech souk tecidos

Marrakech souk tintureiros

Marrakech souks cestos

Marrakech souks geral

Marrakech souks sapato 2

4. Museu de Marrakech e Herboriste du Paradis: Esse museu fica dentro de uma antigo Riad, que teve o pátio interno fechado para preservação dos objetos expostos. É possível encontrar kaftans antigos, jóias, cerâmicas…mas a decoração impressiona mais do que o acervo!

Marrakech Museum 2

Bem em frente ao Museu de Marrakech, fica essa farmácia berbere, que vende todo tipo de ervas, óleos e especiarias. Não é uma farmácia comum. Reserve 1 hora para sentar numa das salas reservadas e ter uma verdadeira aula sobre medicina natural! É claro que eles querem te vender os produtos, mas se aprende tanto lá dentro, que não dá vontade de sair. Para demonstrar o poder dos óleos, até massagem eles fazem…e o preço da massagem  é você quem define.

Marrakech Herboriste

Prepare-se para sair com uma sacola cheia de especiarias e outras coisinhas que a gente sempre acha muuuuuuito necessárias…e depois descobre que não era tão necessárias assim…rsrsrsrs! Mas adorei conhecer esse lugar e recomendo! Place Ben Youssef Nº93, Marrakech/ Tel: +212(0)5 24427249. Tem até site: www.herboristeduparadis.net

5. Ben Youssef Madrasa: A Madrasa Ben Youssef era uma escola onde alunos já formados na universidade faziam uma espécie de curso de especialização. Apenas os aqueles mais brilhantes eram escolhidos para estudar na Madrasa, onde também moravam e rezavam, saindo apenas às sextas-feiras. A decoração da Madrasa é impressionante, com piso em mármore italiano, paredes esculpidas com estuque, gesso e cedro, além de azulejos zellij pintados à mão. A existência de uma pequena mesquita dentro da escola garantia aos alunos um espaço próprio para as 5 orações diárias.

Marrakech Medersa linda

6. Saadian Tumbs: Essa necrópole guarda os túmulos da família Saadian, e de pessoas ligadas ao sultão. Há 3 mausoléus em destaque, sendo o mais imponente deles o do sultão Ahmed El-Mansour e seus sucessores, um outro para as crianças reais e mais um para as mulheres. Todos os túmulos estão rodeados por um bonito jardim. Fica ao lado da Mesquita Kasbah.

Marrakech tombs 2

7. Jardim Majorelle: Se tem um lugar imperdível fora da medina de Marrakech, é o Jardim Majorelle. Louis Majorelle, o falecido dono do lugar, expunha ali a sua impressionante coleção de árvores e plantas dos cinco continentes. Há cactus do México, bananeiras do Brasil, árvore da felicidade trazida da China, e mais uma porção de espécies intrigantes e belas. É um lugar mágico, aberto ao público em 1947, e que mesmo com o falecimento do dono, manteve-se vivo, após ter sido comprado e restaurando por Yves Saint Laurent.

Marrakech Jardim Majorelle 5

Marrakech Jardim Majorelle 4

Marrakech Jardim Majorelle Pri

8. Guéliz e Jardim de Menara: Guéliz é a parte mais moderna de Marrakech, com prédios mais altos, grandes praças e ambiente internacional. Aqui fica o Mc Donalds da cidade; lojas como Zara, Zara Home, Accessorize, Adidas; e mais algumas outras no estilo fast fashion jovem. Vale a pena passar por Guéliz para sentir como a Europa influencia o país. Caso esteja a procura de artesanato fino, a loja Galerie Almas pertence ao governo e vende todos os itens encontrados na medina, porém com qualidade garantida – Fica no Nº79 Boulevard Moulay Rachid/ Tel: +212(0)5 24430476.

Marrakech Gueliz

Na passagem para Guéliz, sugiro para para conhecer rapidamente o Jardim de Menara e seu impressionante sistema que irriga as oliveiras com água das Montanhas Atlas. Há um pequeno palácio construído no século XIX, às margens do lago, que dizem ter sido usado pelos sultões e suas concubinas.

Marrakech Menara

 Jardim de Menara

9. Fazer um bate-volta até Essaouira: Essa linda cidade de muros brancos na costa oeste do Oceano Atlântico, é um dos pontos altos da viagem, principalmente para os amantes de fotografia. Vale a pena ler esse post completo para saber o por quê: Essaouira: a mais bela cidade costeira do Marrocos.

Essaouira porto 2

10. Aula de culinária marroquina: Tire um turno para aprender a fazer um belo couscous marroquino, um carneiro suculento ou cozinhar numa tajine! Como adoro cozinhar, esse foi um dos pontos altos da minha viagem! Se essa também é a sua praia, leia o post completo: Aula de culinária em Marrakech

Marrakech culinaria 6

Eu ameeeeei conhecer o Marrocos e espero que vocês amem também! Boa viagem!!!

Priscila Reis| Abr 9, 2016